8.12.10

Cecrca de 300 feridos em Touradas nos Açores, em 2010?



De acordo com informações colhidas junto dos do Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada e do Hospital de Santo Espírito de Angra do Heroísmo, a situação foi a seguinte:
- O hospital de Angra não tem informação sobre o número de acidentados em touradas,
- O hospital de Ponta Delgada registou 7 episódios de vítimas acidentadas pelas touradas.
Embora não seja correcto fazer uma proporção directa entre o número de touradas, garraiadas e vacadas e o nº de acidentados, se o mesmo fosse feito chegar-se-ia à conclusão que em 2010 houve cerca de 300 feridos nas touradas realizadas nos Açores. A outra conclusão, e esta não há dúvidas, é a de que o tratamento dos feridos não é pago pelos promotores das touradas, mas por todos nós, através do Sistema Regional de Saúde.
Aqui vai um exemplo de 2009:
[23-07-09]
Dois feridos, um dos quais em estado grave, é o resultado de um acidente que ocorreu durante a tourada à corda, no Refugo, freguesia do Porto Judeu, concelho de Angra do Heroísmo.
Trata-se de um indivíduo do sexo masculino, de nacionalidade espanhola, que foi evacuado de helicóptero para o Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada (HDESPD), de acordo com o Comissário da PSP de Angra do Heroísmo, Pedro Almeida, em declarações ao nosso jornal.
Contactada pela União”, a administração do HDESPD, através do seu Gabinete de Comunicação, revela que, até à hora do nosso contacto, a vítima, internada no serviço de Medicina Intensiva, encontra-se em “estado estacionário”, sem adiantar pormenores clínicos.
Sobre as causas do acidente, segundo testemunhas oculares, o toiro terá saltado um muro com cerca de dois metros de altura, dentro do percurso da tourada à corda, onde estariam várias pessoas a assistir ao evento.
A tourada à corda realizou-se na passada segunda-feira, 21 de Julho, no âmbito das Festas de Santo António do Porto Judeu.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Enviar um comentário